Pesquise Aqui

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

E tudo mudou...

O rouge virou blush 
O pó-de-arroz virou pó-compacto 
O brilho virou gloss 

O rímel virou máscara incolor 
A Lycra virou stretch 
Anabela virou plataforma 
O corpete virou porta-seios 
Que virou sutiã 
Que virou lib 
Que virou silicone 

A peruca virou aplique, interlace, megahair, alongamento 
A escova virou chapinha 
"Problemas de moça" viraram TPM 
Confete virou MM 

A crise de nervos virou estresse 
A chita virou viscose. 
A purpurina virou gliter 
A brilhantina virou mousse 

Os halteres viraram bomba 
A ergométrica virou spinning 
A tanga virou fio dental 
E o fio dental virou anti-séptico bucal 

Ninguém mais vê... 

Ping-Pong virou Babaloo 
O a-la-carte virou self-service 

A tristeza, depressão 
O espaguete virou Miojo pronto 
A paquera virou pegação 
A gafieira virou dança de salão 

O que era praça virou shopping 
A areia virou ringue 
A caneta virou teclado 
O long play virou CD 

A fita de vídeo é DVD 
O CD já é MP3 
É um filho onde éramos seis 
O álbum de fotos agora é mostrado por email 

O namoro agora é virtual 
A cantada virou torpedo 
E do "não" não se tem medo 
O break virou street 

O samba, pagode 
O carnaval de rua virou Sapucaí 
O folclore brasileiro, halloween 
O piano agora é teclado, também 

O forró de sanfona ficou eletrônico 
Fortificante não é mais Biotônico 
Bicicleta virou Bis 
Polícia e ladrão virou counter strike 

Folhetins são novelas de TV 
Fauna e flora a desaparecer 
Lobato virou Paulo Coelho 
Caetano virou um chato 

Chico sumiu da FM e TV 
Baby se converteu 
RPM desapareceu 
Elis ressuscitou em Maria Rita? 
Gal virou fênix 
Raul e Renato, 
Cássia e Cazuza, 
Lennon e Elvis, 
Todos anjos 
Agora só tocam lira... 

A AIDS virou gripe 
A bala antes encontrada agora é perdida 
A violência está coisa maldita! 

A maconha é calmante 
O professor é agora o facilitador 
As lições já não importam mais 
A guerra superou a paz 
E a sociedade ficou incapaz... 

... De tudo. 

Inclusive de notar essas diferenças

Luis Fernando Veríssimo


domingo, 22 de agosto de 2010

Saudades



Algumas vezes o que se deve fazer é não fazer nada,
algumas vezes o que se deve dizer é não dizer nada,
pois as pessoas lembram de você não quando está
presente, mas sim, quando sentem sua falta.



quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Luccy mandou uma mensagem particular para você

Quepasa Alerts
Quepasa.com Clique aqui para cancelar a inscrição.  

Eu gostaria de ser seu amigo(a) no Quepasa.com.

Você gostaria de adicionar-me como amigo(a)?


SIM NÃO

Obrigado!

Luccy Carvalho


Para evitar que continue recebendo notificações em seu email por parte dos seus amigos do Quepasa.com, clique aqui.


Cancelar Inscrição I Termos de Uso I Política de Privacidade I Suporte
Quepasa Corporation 324 Datura Street, Suite 114, West Palm Beach, FL, 33401.
Você está recebendo este e-mail porque seu amigo é um membro registrado do Quepasa.
Adicione info@quepasa.com em sua lista de contatos para continuar recebendo e-mails do Quepasa.

segunda-feira, 12 de julho de 2010

A MORTE DO AMOR...

"QUE AS AÇÕES CONFIRMEM AS PALAVRAS!!!"


A MORTE DO AMOR (AUTOR DESCONHECIDO)

Todos os dias morre um amor.
Quase nunca percebemos, mas todos os dias morre um amor...
Às vezes de forma lenta e gradativa, quase indolor, após anos e anos de rotina.
Às vezes melodramaticamente, como nas piores novelas mexicanas, com direito a bate-bocas vexaminosos, capazes de acordar o mais surdo dos vizinhos.
Pode morrer em uma cama de motel ou simplesmente em frente à televisão de domingo.
Morre sem um beijo antes de dormir, sem mãos dadas, sem olhares compreensivos, com um gosto salgado de lágrima nos lábios.
Morre depois de telefonemas cada vez mais espaçados, diálogos cada vez mais resumidos, de beijos cada vez mais gelados...
Morre da mais completa e letal inanição !!!
Todos os dias morre um amor, embora nós, românticos mais na teoria do que na prática, relutemos em admitir.
Pode morrer como uma explosão, seguida de um suspiro profundo (porque nada é mais dolorido que a constatação de um fracasso), de saber que, mais uma vez, um amor morreu.
Porque, por mais que não queiramos aprender, a vida sempre nos ensina alguma coisa. Esta é a lição: qualquer amor pode morrer !
E todos os dias, em algum lugar do mundo, existe um amor sendo assassinado.
Como pista do terrível crime, surge uma sacola de presentes devolvidos, uma lista de palavrões sem censura, ou o barulho insuportável do relógio depois da discussão...
Afinal, todo crime deixa as suas evidências !
Todos nós podemos ser um assassino.
E podemos agir como age um assassino: podemos nos esconder debaixo das cobertas, podemos nos refugiar em salas de cinema vazias, ou preferir trabalhar que nem um louco, ou viajar para "espairecer", ou confessar a culpa em altos brados, fazendo do garçom o confidente...
Mas há também aqueles que negam, veementemente, a sua participação no crime, e buscam por novas vítimas em salas de bate-papo ou em pistas de danceteria, sem dor ou remorso.
Os mais periculosos aproveitam sua experiência de criminosos para escrever livros de auto-ajuda, com a ironia de quem tem muito a ensinar para os corações ainda puros.
Existem também os amores que clamam por um tiro de misericórdia : ainda estão juntos mas se comportam como um cavalo ferido, esperando ser sacrificado.
Existem também os amores-fantasma, aqueles que se recusam a admitir que já morreram. São capazes de perdurar anos, como mortos-vivos sobre a Terra, teimando em resistir apesar das camas separadas, dos beijos frios e burocráticos, do sexo sem tesão (se houver). Esses não querem ser sacrificados, mas irão definhar aos poucos, até se tornarem laranjas chupadas.
Existem ainda os amores-vegetais, aqueles que vivem em permanente estado de letargia, que se refugiam em fantasias platônicas, recordando até o fim de seus dias o sorriso da ruivinha da 4a.série... Ou se faz presente na fã que até hoje suspira e delira em frente a um pôster do Elvis Presley.
Mas eu, quase já desistindo da minha busca, pude ainda encontrar uma outra classificação: os amores-vencedores. Aqueles que, apesar da luta diária pela sobrevivência, das infinitas contas a pagar, da paixão que decresce com o decorrer dos anos,da mesa-redonda no final de domingo, das calcinhas penduradas no chuveiro e das brigas que não levam a nada, ressuscitam das cinzas e se revelam fortes, pacientes e esperançosos. Mas esses são raríssimos, e há quem duvide de sua existência. São de uma beleza tão pura e rara que parecem lendas.
Um dia vou colocar um anúncio, bem espalhafatoso, no jornal : PROCURA-SE UM AMOR VENCEDOR - oferece-se generosa recompensa...
Mas, no fundo, sei que ele não surgiria como por acaso...
O que esses poucos vencedores falam é que esse amor foi suado, trabalhado, bem administrado nas centenas de situações do cotidiano.
Não é um presente de loteria, de sorte, nem de magia...
É simplesmente o resultado concreto daquilo que foi um relacionamento maduro e crescente entre duas pessoas ...



PARA NAVEGAR COM MAIS PRIVACIDADE USE O INTERNET EXPLORER 8. INSTALE GRÁTIS.

domingo, 11 de julho de 2010

Recadinho


ABRAÇOSSS




()


*Raio*de*Luz*


Recebi um recado de muito amor de Deus agora de manhã e repasso para você.


Deus diz que muitas coisas que teu coração necessita ainda não tem acontecido,

mas que você confie nele que ele não esqueceu das suas necessidades,

por isso peço que você fale bem baixinho esta frase que escrevo agora:

Jesus eu te adoro e preciso de ti,

vem pra dentro do meu coração agora.

Envie para 15 pessoas inclusive para mim, que terá um milagre ainda hoje.

Obs: Não ignore pq terás uma surpresa.
Dê este coração () para todos que você não quer perder em 2010

(incluindo a mim se você se importar).










LEVE SEU MESSENGER PARA ONDE VOCÊ ESTIVER PELO SEU CELULAR. CLIQUE E VEJA COMO FAZER.

FAX LI BANÊS - Vo cê já riu hoje?



*
Lula e Dilma enviaram um fax para o Governo do Líbano, solicitando
uma doação para o programa Fome Zero. * 

*No dia seguinte chegou, via fax, a resposta que dizia:* 
*  BL.. MD... VBB... 6... 2...* 
*Dilma não conseguiu decifrar e foi até Lula 
que, com seus profundos conhecimentos de gramática, analisou o
documento e chegou a mais uma de  suas magníficas conclusões: * 

*BL = Beleza, * 

*MD = Mandei depositar * 

*VBB = Via Banco do Brasil, * 

*6... 2... = US$ 62.000.000,00 * 

*(sessenta e dois milhões)!!!! * 

*Verificou-se  a existência da  tal conta no BB e 
nada foi encontrado.. * 

*Ordenou-se então que procurassem em todos os bancos BB: * 
*Banco Bradesco, Banco de Boston, etc. Nada!* 

*Foi então que  alguém sugeriu  que chamassem o Samirzinho, um
funcionário do quarto escalão do Planalto, descendente de
libaneses.* 

*Samirzinho olhou para o documento: * 

*BL... MD.... VBB... 6... 2... ; e em menos de 30 segundos o traduz:*

*"Brezidente Lula... Ministra Dilmo... Vai Buda Bariu....Seis Dois!!"*



PARA NAVEGAR COM MAIS PRIVACIDADE USE O INTERNET EXPLORER 8. INSTALE GRÁTIS.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Enem 2009




O tema da redação do Enem 2009 foi Aquecimento Global, e como
acontece todo ano, não faltaram preciosidades. Lá vão:


1) "o problema da amazônia tem uma percussão mundial. Várias Ongs já
se estalaram na floresta." (percussão e estalos. Vai ficar animado o negócio)

2) "A amazônia é explorada de forma piedosa." (boa)

3) "Vamos nos unir juntos de mãos dadas para salvar planeta." (tamo
junto nessa, companheiro. Mais juntos, impossível)

4) "A floresta tá ali paradinha no lugar dela e vem o homem e
créu." (e na velocidade 5!)

5) "Tem que destruir os destruidores por que o destruimento salva a
floresta." (pra deixar bem claro o tamanho da destruição)

6) "O grande excesso de desmatamento exagerado é a causa da
devastação." (pleonasmo é a lei)

7) "Espero que o desmatamento seja instinto." (selvagem)

8) "A floresta está cheia de animais já extintos. Tem que parar de
desmatar para que os animais que estão extintos possam se
reproduzirem e aumentarem seu número respirando um ar mais
limpo." (o verdadeiro milagre da vida)

9) "A emoção de poluentes atmosféricos aquece a floresta." (também
fiquei emocionado com essa)

10) "Tem empresas que contribui para a realização de árvores
renováveis." (todo mundo na vida tem q/B>livro, e realizar uma árvore renovável)

11) "Animais ficam sem comida e sem dormida por causa das
queimadas." (esqueceu que também ficam sem o home theater e os dvd's
da coleção do Chaves)

12) "Precisamos de oxigênio para nossa vida eterna." (amém)

13) "Os desmatadores cortam árvores naturais da natureza." (e as
renováveis?)

14) "A principal vítima do desmatamento é a vida ecológica." (deve
ser culpa da morte ecológica)

15) "A amazônia tem valor ambiental ilastimável." (ignorem, por
favor)

16) "Explorar sem atingir árvores sedentárias." (peguem só as que
estiverem fazendo caminhadas e flexões)

17) "Os estrangeiros já demonstraram diversas fezes enteresse pela
amazônia." (o quê?)

18) "Paremos e reflitemos." (beleza)

19) "A floresta amazônica não pode ser destruída por pessoas não
autorizadas." (onde está o Guarda Belo nessas horas?)

20) "Retirada claudestina de árvores." (caraulio)

21) "Temos que criar leis legais contra isso." (bacana)

22) "A camada de ozonel." (Chris O'Zonnell?)

23) "a amazônia está sendo devastada por pessoas que não tem senso
de humor." (a solução é colocar lá o pessoal da Zorra Total pra
cortar árvores)

24) "A cada hora, muitas árvores são derrubadas por mãos poluídas,
sem coração." (para fabricar o papel que ele fica escrevendo
asneiras)

25) "A amazônia está sofrendo um grande, enorme e profundíssimo
desmatamento devastador, intenso e imperdoável." (campeão da
categoria "maior enchedor de lingüiça")

26) "Vamos gritar não à devastação e sim à reflorestação." (NÃO!)

27) "Uma vez que se paga uma punição xis, se ganha depois vários
xises." (gênio da matemática)

28) "A natureza está cobrando uma atitude mais energética dos
governantes." (red bull neles - dizem as árvores)

29) "O povo amazônico está sendo usado como bote expiatório" (ótima)

30) "O aumento da temperatura na terra está cada vez mais
aumentando." (subindo!)

31) "Na floresta amazônica tem muitos animais: passarinhos, leões,
ursos, etc." (deve ser a globalização)

32) "Convivemos com a merchendagem e a politicagem." (gzus)

33) "Na cama dos deputados foram votadas muitas leis." (imaginem as
que foram votadas no banheiro deles)

34) "Os dismatamentos é a fonte de inlegalidade e distruição da
froresta amazonia." (oh god)

35) "O que vamos deixar para nossos antecedentes?" (dicionários)...


terça-feira, 16 de fevereiro de 2010











O que é a língua portuguesa?

O PORTUGUÊS é a língua que os portugueses, os brasileiros, muitos africanos e alguns asiáticos aprendem no berço, reconhecem como património nacional e utilizam como instrumento de comunicação, quer dentro da sua comunidade, quer no relacionamento com as outras comunidades lusofalantes.Esta língua não dispõe de um território contínuo (mas de vastos territórios separados, em vários continentes) e não é privativa de uma comunidade (mas é sentida como sua, por igual, em comunidades distanciadas). Por isso, apresenta grande diversidade interna, consoante as regiões e os grupos que a usam. Mas, também por isso, é uma das principais línguas internacionais do mundo.É possível ter percepções diferentes quanto à unidade ou diversidade internas do português, conforme a perpectiva do observador.Quem se concentrar na língua dos escritores e da escola, colherá uma sensação de unidade.Quem comparar a língua falada de duas regiões (dialectos) ou grupos sociais (sociolectos) não escapará a uma sensação de diversidade, até mesmo de divisão.



Uma língua de cultura como a nossa, portadora de longa história, que serve de matéria prima e é produto de diversas literaturas, instrumento de afirmação mundial de diversas sociedades, não se esgota na descrição do seu sistema linguístico: uma língua como esta vive na história, na sociedade e no mundo.Tem uma existência que é motivada e condicionada pelos grandes movimentos humanos e, imediatamente, pela existência dos grupos que a falam.Significa isto que o português falado em Portugal, no Brasil e em África pode continuar a ser sentido como uma única língua enquanto os povos dos vários países lusofalantes sentirem necessidade de laços que os unam. A língua é, porventura, o mais poderoso desses laços.Diz, a este respeito, o linguista português Eduardo Paiva Raposo:




A realidade da noção de língua portuguesa, aquilo que lhe dá uma dimensão qualitativa para além de um mero estatuto de repositório de variantes, pertence, mais do que ao domínio linguístico, ao domínio da história, da cultura e, em última instância, da política. Na medida em que a percepção destas realidades for variando com o decorrer dos tempos e das gerações, será certamente de esperar, concomitantemente, que a extensão da noção de língua portuguesa varie também.




[Algumas observações sobre a noção de "língua portuguesa", Boletim de Filologia, 29, 1984, 592]




A diversidade linguística que o português apresenta através do seu enorme espaço pluricontinental é, inevitavelmente, muito grande e certamente vai aumentar com o tempo.Os linguistas acham-se divididos a esse respeito: alguns acham que, já neste momento, o português de Portugal (PE) e o português do Brasil (PB) são línguas diferentes; outros acham que constituem variedades bastante distanciadas dentro de uma mesma língua.